Vítima Número 8

0
219
ivi-em-cena-banner-quem-somos-1200x800

Uma das inúmeras vantagens que o Netflix possibilitou foi a de termos maior acesso às produções audiovisuais de muitos países, além dos EUA e Inglaterra.

E neste bojo, encontramos muita coisa boa, como os já comentados aqui “Milagre da Cela 7”  (Turquia)  e “Perfeitos Desconhecidos” (México).

Desta vez, vem da Espanha outra produção que merece destaque: “Vítima número 8″. Com um enredo que engloba terrorismo, xenofobia, islamismo, segredos familiares inconfessáveis e um jornalista old school (adoooro!), a série conta com oito capítulos e uma temporada apenas e em dois dias é possível assisti-la, pois a curiosidade é grande.

A história se passa na cidade de Bilbao, Espanha, e já nos minutos iniciais temos notícia de que uma van cometeu um ato jihadista que resultou em quase uma dezena de mortos por atropelamento.

Quase que imediatamente as autoridades chegam ao suposto motorista, Omar Jamal, jovem que emigrou (ao lado dos pais e dois irmãos menores) da cidade marroquina de Tânger, há alguns anos.

A partir daí, começamos a vislumbrar uma trama repleta de reviravoltas. Fica claro que estrangeiro e muçulmano já credenciam automaticamente para terrorista. A forma como a comunidade próxima se afasta da família, bem como a ameaça de desemprego dos pais, apenas por serem pais de um suposto terrorista é enfatizada em vários momentos. Um dos pontos positivos é que a todo tempo aparece um sensato que enfatiza que o Islã não prega a violência. São as exceções que o fazem.

Os acontecimentos se desenvolvem de forma dinâmica, mas algumas coincidências inseridas no roteiro me cansaram um pouco. Mesmo assim, a velocidade em que mocinhos se tornam vilões e vice-versa prende a audiência, que quer ver logo final feliz para os mocinhos e justiça para os bad guys.

Neste ponto, a série chega ao último episódio da forma que queríamos, pero no mucho. Afinal, nem todos os humilhados são exaltados. Até que oito meses depois, uma nova prova surge e… El fin. Muita coisa em suspenso e em aberto.

O Netflix negou que haja a segunda temporada, mas tudo pode mudar. Aos detalhistas, o título da série é bastante inteligente. A oitava vítima é a chave de tudo…

Yo recomiendo!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui